quinta-feira, 8 de março de 2012

Minha Razão de Aprender para o Dia Internacional da Mulher




Já que ainda há poucos dias relembrei o livrinho “O Cantaautor”, achei que nada seria melhor, que, comemorar este Dia Internacional da Mulher com um dos muitos poemas que habita o interior deste livro escrito por Maria Helena Pires, e... respectiva ilustração da minha autoria.

Para vós, aqui fica - Minha Razão de Aprender:

“Construí uma leitura,
de tamanho sem igual,
com sabor de tangerina,
em forma de concertina.

Leio pai e leio mãe,
minha razão de aprender,
em meu jeito de menina,
leio um gosto de ser.

Da leitura fiz ternura,
da ternura o verbo amar,
contei cardos, contei rosas,
somei sonhos ao luar.

Nas voltinhas da leitura,
alinhei versos, rimei,
inventei meu carrossel,
cresci no tempo, voei!”

(Poema de: Maria Helena Pires)

Para todas as mulheres, os meus sinceros desejos de um dia cheio de voos saborosos e muita magia.

Sem comentários:

Enviar um comentário