quarta-feira, 21 de junho de 2017

O cansaço tem pernas pesadas e braços que se arrastam pelas estradas


Grandiosas saudações.

O Verão começa hoje… mas há já algum tempo que ando a derreter com as temperaturas.

Quanto a vós não sei, mas neste momento gostava mesmo era que chovesse…

Já pensei em fazer uma dancinha para ver se a chuva vem, mas antes de mais não faço parte de nenhuma Tribo Indígena, logo, mesmo que faça a dança não sei se alguém me vai ouvir lá em cima… não obstante isso, o calor é tanto que nem força tenho para me arrastar, quanto mais, para dançar em círculo ou ziguezague a entoar monossílabas à volta de uma fogueira, é que se ainda estivesse frio a fogueira saberia bem, mas com estas temperaturas era antes quase a mesma coisa que dar o corpo ao manifesto para virar churrasco, e no que toca a churrascos eu pessoalmente só sou fã dos churrascos de frango… pois… mas eu ainda não tenho penas, portanto - adiesse a dança… e por conseguinte o churrasco.
Se mais logo à noite ainda me sobrar alguma energia talvez reze ao São Pedro, com sorte, pode ser que ele me atenda.

Tenham cuidado com o calor e com os escaldões… e Bom início de Verão.

Eu por cá vou continuar a arrastar-me… lentamente…

Elisabete, a Borboleta Despenteada

Sem comentários:

Enviar um comentário