quinta-feira, 12 de abril de 2012

Enquanto Dormes Apanho Estrelas



Dia 14 de Abril, pelas 16 horas no Efémero - Espaço de Artes e Ofícios, terá lugar a inauguração de uma exposição colectiva de ilustração, da qual também farei parte com sete ilustrações, intituladas - “Enquanto dormes apanho Estrelas”.
Fazem também parte desta colectiva de ilustração, obras de - Ângela Ferreira e João Madureira.
Para já, e para vos aguçar o apetite, deixo com vocês duas das minhas ilustrações que irão encontrar por lá, assim como, o texto que lhes serviu de alicerce.

“Enquanto dormes eu apanho Estrelas
Tatuo-te uma Rosa
Dou a Volta à Lua
Incendeio Borboletas
Roubo asas aos pássaros…

Depois, deixo que o Silêncio me abrace
E entrego o meu corpo ao mar.”

(Elisabete Ferreira)


Até mais, até lá, como sempre, desejo-vos tudo de mágico.
Se possível apareçam e divulguem…

A morada é: 
Rua D. Manuel  II, 130 – 1º andar frente – Porto, perto do Museu Soares dos Reis e do Pavilhão Rosa Mota.




3 comentários:

  1. LIIIIIIIIIIIIINDAS!
    Fantástico poema.
    Parabéns!
    Sónia

    ResponderEliminar
  2. Já fui ver a exposição. E são todas magníficas. Recomendo. S

    ResponderEliminar
  3. Lindíssimas :D verdadeiras fontes de matéria, tal como as estrelas:)!

    Anita

    ResponderEliminar