sábado, 19 de maio de 2018

Desde que a teu lado possa estar, qualquer lugar é bom para habitar | As long as I can be by your side, any place is a good place to stay | Finché puoi stare con te, qualsiasi posto è buono per vivere| Пока я могу быть рядом с тобой, в любом месте хорошо жить | जबसम्म म तपाईंको पक्षमा हुन सक्दिन, कुनै पनि स्थान मा रहन राम्रो छ।



Grandiosas saudações.

Já aqui havia deixado uma nota sobre a minha ilustração - “Desde que a teu lado possa estar, qualquer lugar é bom para habitar”, que vai andar em itinerância por Itália com a exposição colectiva - Purgatório & Friends, pelo que, deixo então agora aqui para vós a partilha de algumas fotografias, mais exactamente fotografias de dois dos locais onde a exposição já esteve - Museo a Cielo Aperto di Camo e Spazio Arte 24.

As fotografias em questão são cortesia da Pia Taccone :) a quem desde já deixo o meu obrigada pelos registos e pela partilha ;)

Até breve, até lá fiquem bem acompanhados/as e sejam muito felizes ;)

Elisabete, a Borboleta Despenteada






quarta-feira, 16 de maio de 2018

Se não usares protector solar neste Verão, é provável que vires um camarão | If you do not wear sunscreen in this summer, you are likely to become a shrimp | Se non si indossa la protezione solare questa estate, è probabile che diventi un gamberetto |Wenn Sie diesen Sommer keine Sonnencreme tragen, werden Sie wahrscheinlich eine Garnele werden |今夏にサンスクリーンを着用しないと、エビになる可能性が高い



Grandiosas saudações.

O cancro de pele pode afectar qualquer pessoa, em qualquer idade e em qualquer local do planeta, pelo que, o melhor é sempre prevenir.

Lá porque sabe bem apanhar sol, não quer dizer que ele não nos possa fazer mal, portanto - não se esqueçam de colocar protector solar sempre que saem de casa… mas na impossibilidade de puderem usar protector solar, podem sempre recorrer a peças de vestuário que vos protejam. Não se esqueçam que mesmo quando está nevoeiro o sol está lá, bem escondido, mas à espreita.

Este ano o dia do EUROMELANOMA comemora-se hoje, dia 16 de Maio… pelo que me senti impelida a deixar aqui uma nota sobre o assunto.

De seguida deixo-vos o link para o site do EUROMELANOMA, local onde podem encontrar toda a informação necessária sobre o Cancro de Pele – o que é, como Prevenir, como Diagnosticar… e o que Fazerem caso descubram uma lesão suspeita.


Cuidem de vós e de quem está ao vosso redor, a vida é demasiado curta para que a abreviem com actos inconsequentes.

Até mais, até lá fiquem bem protegidos/as dos raios nocivos.

Elisabete, a Borboleta Despenteada

terça-feira, 15 de maio de 2018

Baby Lawyer and Friends | Avocat bébé et ses amis | Ребенок и друзья | 寶貝律師和朋友 | Bebek Avukatı ve Arkadaşları | Qareenka Dhaqanka iyo saaxiibada |아기 변호사와 친구들|ベビー弁護士と友人



Grandiosas saudações.

Aproveito para partilhar convosco mais uma encomenda que realizei recentemente :)

Obrigada Catarina por confiares no meu trabalho e me teres entregado a prazerosa tarefa de realizar este presente para ofereceres às tuas amigas ;)

Já agora, um grande obrigada não só à Catarina como também às cinco amigas, pois foram todas elas uma excelente fonte de inspiração :)

De seguida deixo-vos o estudo final e a ilustração concluída. Espero que gostem :) ;)

Até mais, até lá desejo-vos tudo de mágico,

Elisabete, a Borboleta Despenteada


sábado, 12 de maio de 2018

Vai Pentear Macacos | Go brush a monkey | बंदरों को जोड़ो जाओ | 猿を梳かす| 去梳理猴子 |빗질하는 원숭이를 가라. | الذهاب تمشيط القرود



Grandiosas saudações.

No ano passado recebi o amável convite da Juliana Menezes, Directora do Centro de Língua Portuguesa em Dublin, para participar como ilustradora numa exposição colectiva que visava promover expressões da língua portuguesa, e por sua vez, a língua em si.

Do vário grupo de expressões que me calharam para selecção, eu escolhi uma que me deixa sempre com um certo sorriso no canto da boca… e que quando não me deixa a sorrir física ou mentalmente, faz certamente parte do meu pensamento, o mais que não seja porque há quem com frequência me faça querer dizê-la em alto e bom som.
Como já terão reparado pelo título, falo da expressão – VAI PENTEAR MACACOS.

Ora digam lá, quem de quando a quando já não sentiu o tremendo impulso de mandar outrem pentear macacos?!

Foi assim o mote para mais uma ilustração que se passeia agora pela Irlanda, mais especificamente em Dublin, na DUBLIN CENTRAL LIBRARY.

A inauguração da exposição aconteceu na sexta-feira passada, dia 4 de Maio, e vai permanecer na Dublin Central Library até ao dia 30 deste mês, portanto, a quem andar pelas redondezas desde já deixo o convite para aparecerem pela Biblioteca e virem visitar a exposição.

Como já referi mais acima, trata-se de uma exposição colectiva, que expõe várias ilustrações realizadas por diversos/as artistas de Angola, Brasil, Cabo Verde, Timor Leste, Guiné Bissau e Portugal, que tiveram como mote diversas expressões idiomáticas da língua Portuguesa.

Para terminar, deixo um grande obrigada à Juliana por todo o carinho e feedback ao longo do último ano, assim como, a toda a equipa que permitiu a realização desta exposição, seja pelo breve momento em que ela esteve exposta (no ano passado), no decorrer do Cultura Fest, seja pela exposição mais alongada (este ano), na Dublin Central Library.

De seguida, para quem não anda por Dublin nem vai andar nos próximos tempos, deixo-vos aqui a versão original (a amarelo), desta minha aventura ilustrada com meia dúzia de macacos desejosos de serem penteados, e que se encontram agora a passear pela Biblioteca que referi mais acima. Informo ainda que o intuito “deles” não é só fazer macacada, mas antes de tudo o mais divulgar estas expressões idiomáticas tão nossas, tão portuguesas.

Para além da versão original, deixo-vos também uma versão da referida ilustração em rosa salmão, que por sua vez foi o “cartaz” que esteve exposto no ano passado, na Cultura Fest, a ilustrar a expressão de que já vos falei - “Vai pentear macacos”.



E por hoje é tudo, até mais, até lá já sabem, desejo-vos tudo de mágico…

Elisabete, a Borboleta Despenteada

domingo, 6 de maio de 2018

Oh my God... another flower |Ó mo Dhia ... bláth eile |Oh mon Dieu ... une autre fleur | Oh mein Gott ... eine andere Blume | Dumnezeule ... o altă floare | Ya Xwedayê min ... gulê din | ああ私の神...別の花 | ओह मेरे भगवान ... एक और फूल | 哦,我的上帝......另一朵花



Grandiosas saudações.

Dia de calor no bafo do ar que nos circunda… e de tanto amarelo quanto nos seja possível absorver através dos sentidos. Lá fora está no sol que se eleva, no pólen das flores e numa mão cheia de pó de lagarto que parece não ter fim… cá dentro está nas gerberas que comprei para oferecer à minha mãe.

Esforcei-me por imaginar uma prenda melhor, mas infelizmente quase todos os anos me vejo impelida, qual zombie, a seguir o forte impulso de sucumbir ao hipnotizante poder das flores.

Começa a tornar-se repetitivo, eu sei, pois basicamente resta à minha mãe de ano para ano tentar adivinhar qual irá ser a próxima espécie escolhida… algo pouco criativo (dirão algumas pessoas), tendo em conta que isso provém de alguém que depende constantemente da criatividade para trabalhar… mas que posso dizer em minha defesa - há coisas que são boas assim, previsíveis :) e em dose moderada considero-as tão essenciais quanto as tarefas banias do dia-a-dia, os abraços, os beijinhos, as palavras de afecto e os demais carinhos :) que diga-se de passagem, são tão bons quanto deviam ser também previsíveis :)

Mas a parte boa de eu ter "panca" em oferecer flores à minha mãe, é que ela adora recebê-las, e por conseguinte está sempre pronta para aumentar a sua colecção :) o mais que não seja porque eventualmente acaba por sucumbir alguma :(

Não por acaso, Maio derivou do nome da Deusa Romana Maia, que era nada mais-nada menos que a deusa da fecundidade e do despertar da natureza na Primavera… assim sendo, avancemos Maio adentro… venha daí este Maio, ou venha daí o próximo… e venham daí as novas flores da Primavera, sejam elas as que brotam literalmente nos campos, ou as que ainda pretendo oferecer à minha mãe por muitos Maios afora.

Para terminar, desejo não só à minha, mas a todas as mães - um Excelente Dia da Mãe, assim como um Mês de Maio tão cheio de flores e cor quanto possível :)

Elisabete, a Borboleta Despenteada